LUIZ CARLOS MARTINS CONHECE O NOME DOS GRANDES DEVEDORES

Luiz Carlos Martins; Josélia Nogueira 

Não poucos eleitores e políticos paranaenses habituaram-se a identificar em Luiz Carlos Martins um homem público “soft”, abordando quase sempre temas amenos no âmbito do social e carregado de mensagens otimistas.

Claro que essa imagem do Luiz Carlos “light” é certa, mas é importante vê-lo também como combatente aguerrido de temas nada amenos, mas de amplo interesse da comunidade. Tal como se manifestou na segunda-feira, quando a secretária da Fazenda apresentava na AL as metas fiscais do terceiro quadrimestre de 2013 do Governo.

Luiz foi certeiro, a certo trecho de suas observações, falando dos grandes devedores de tributos estaduais: disse saber o nome de todos eles.

A seguir, um apanhado do informe noticioso enviado pela assessoria do deputado estadual Luiz Carlos Martins:

O QUESTIONAMENTO

Quem são os grandes devedores de ICMS do Paraná e quanto devem ao estado?

Este foi o questionamento do deputado Luiz Carlos Martins (PSD) à secretária de Estado da Fazenda, Jozélia Nogueira, durante a apresentação dos dados referentes às metas fiscais do terceiro quadrimestre de 2013 do Governo do Paraná, na Assembleia Legislativa, realizada segunda-feira (24). “Não há como explicar para o cidadão que tem a água cortada porque não pagou a conta da Sanepar como grandes empresas devem milhões de reais ao governo, não pagam, contratam tributaristas renomados e protelam essa dívida indefinidamente”, disse Martins.

JOZÉLIA COMPARTILHA

A secretária Jozélia compartilhou a indignação do deputado e disse que o Paraná vem fazendo um grande esforço para receber esses pagamentos em atraso dos grandes devedores. Jozélia não falou exatamente qual o valor da dívida, mas disse que, só em 2014, em uma fiscalização intensiva, foram lavrados 11.382 autos de infração contra alguns devedores, totalizando 1 bilhão 477 milhões de reais.

LEI DO SIGILO

Martins disse que sabe que os nomes desses grandes devedores e a dívida de cada um não podem ser divulgados em razão da lei de sigilo fiscal, mas propôs que os deputados tomem conhecimento desses dados em uma reunião secreta.

“Assim como a senhora, nós, deputados, também temos fé pública.

“Por isso, proponho que a direção da Casa marque uma reunião secreta com a secretária Jozélia para que todos os parlamentares possam saber quem são esses devedores e ajudar o estado a buscar esse dinheiro que é do povo.

“Cada um seria responsável em manter o sigilo, mas é preciso que a Assembleia faça a sua parte”, completou o deputado do PSD.