EDSON FACHIN ESTÁ NO ALVO DE ‘VOZES 10′

Minsitro Edson Fachin (Foto: Marcelo Camargo- Agência Brasil)

Minsitro Edson Fachin (Foto: Marcelo Camargo- Agência Brasil)

O ministro Edson Fachin deve ser um dos entrevistados do especialíssimo volume 10 do meu livro “Vozes do Paraná”.

Gaúcho, nascido em 1958 em Rondinha, município do interior do Rio Grande do Sul, Fachin construiu sua vida acadêmica, familiar e profissional em Curitiba, no Paraná. É, portanto, um cidadão paranaense por adoção recíproca. Ele abraçou o Paraná como seu berço esplêndido. O estado o pôs sob suas asas como um dos seus.

NO MERCADO E NA FEIRA

Dono de um apartamento no Bacacheri, onde passa os fins de semana, ele costuma fazer comprar em mercado e em feira livre, escondendo-se apenas sob o boné. É simpático com aqueles que o reconhecem, mas comedido.

Jamais seus vizinhos irão ouvir dele mais do que uma saudação de chegada ou um ‘até logo’ na despedida.

Aos domingos, 10 horas, ele e família quase sempre participam da missa celebrada pelo padre Paulo Botas na bela capela histórica do Asilo São Vicente, no Cabral.

Outros do STF, como o ministro Gilmar Mendes, são useiros e vezeiros em falar fora dos autos. Fachin jamais. É discreto e o que se ouve dele na imprensa é aquilo que emana do que é julgado.

PÁGINAS ABERTAS

René Dotti é um dos paranaenses que cultivam uma longa amizade com Fachin. É através de um advogado de seu escritório que a tática do convencimento ganhou força e deve ser decisiva para que Fachin aceite conceder entrevista histórica. Há curiosidade em saber como foram os seus primeiros dias de infância, os livros e filmes preferidos, as influências acadêmicas, os gurus. Vale lembrar que o ministro é relativamente jovem. Só completa 60 anos em 2018 e tem uma carreira à frente de pelos menos 15 anos no Supremo Tribunal Federal.

Os paranaenses trabalharam muito para que Fachin fosse nomeado para o colegiado do STF. É justo que saciem sua curiosidade acerca da vida do ministro antes de chegar ao auge de sua carreira. As páginas do “Vozes do Paraná, Retratos de Paranaenses” podem ser oportuno conduto.

Capela do Asilo São Vicente de Paulo (Foto:  Flavio Antonio Ortolan)

Capela do Asilo São Vicente de Paulo (Foto: Flavio Antonio Ortolan)