CINEMA AQUI: SALA VAZIA

Sigmund Freud: primórdios da psicanálise

Sigmund Freud: primórdios da psicanálise

Consegui, na última hora, assistir, quarta, 7, no Espaço Itaú de Cinema, e uma obra de arte cinematográfica que não arrebata plateias, não está, portanto, entre os blockbuster, nem aparece na lista dos mais “recomendados pela crítica”.

Falo de Lou, filme alemão que trabalha a alma e o universo de uma fantástica mulher, pioneira da psicanálise na Alemanha de Freud.

Como toda fita muito boa – um tanto “cabeça” – teve o mínimo de público.

Já os de vampiros e quejandos…